A importância da prática de exercícios para o envelhecimento saudável

A importância da prática de exercícios para o envelhecimento saudável

A prática de exercícios para o envelhecimento saudável é cada vez mais importante. Pela primeira vez na história do Brasil, a expectativa de vida chegou aos 76,3 anos. Para as mulheres, a expectativa de vida atingiu os 79,9 anos e para os homens, 72,8. Considerando que esse cálculo é uma média, sabemos que existem idosos vivendo muito mais do que isso.
20191129165615165545e-3717453
Observando esses dados, as novas perspectivas em relação a expectativa de vida tornam-se algo consolidado para a população brasileira.
O que antes não era uma preocupação, hoje assume o palco: como está a saúde dos idosos? Como você, que é jovem, está cuidando da sua vida para garantir um envelhecimento saudável e tranquilo? Que escolhas você faz hoje pensando no seu amanhã?
Afinal, você só tem um corpo e uma vida com ele. Se você tem 25 anos hoje, saiba que estatisticamente, você viveu apenas ⅓ da sua vida até o momento. As escolhas que você faz hoje são o suficiente para que seus próximos 50 anos de vida sejam agradáveis e saudáveis?

Qual é o significado de aproveitar a vida?

Muito se engana quem pensa que “posso morrer amanhã, então vou aproveitar a vida!”. Felizmente, nos dias atuais, as chances de você realmente morrer amanhã são baixas. Considerando os avanços tecnológicos na área da saúde, a qualidade do saneamento básico, infraestrutura das cidades e situação de menor risco nos empregos, a expectativa de vida vem crescendo conforme mostramos anteriormente.
Aproveitar a vida para muitos pode significar viver como se não existisse amanhã, gastando tempo, dinheiro, saúde física e mental, rompendo laços, sendo inconsequente. Essa ideia pode parecer ótima enquanto se tem 20 anos, mas e depois? O depois chega, e o seu eu de 50 anos pode não querer pagar a conta que o seu eu de 20 criou.
Aproveitar a vida significa pensar em toda ela, não apenas no presente. É pensar no longo prazo, é se planejar, é fazer escolhas que nem sempre são óbvias. Também significa entender que existe um ciclo inteiro a ser seguido, e é sobre as escolhas a serem pensadas que falaremos hoje – além de mostrar casos de pessoas que optaram por caminhos saudáveis e hoje aproveitam o resultado.
mantenha-se-saudavel-1024x576-6606707

Mantenha-se saudável

Saúde significa estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de doenças e enfermidades, segundo a Organização Mundial da Saúde. Para ser saudável durante a vida e garantir um envelhecimento saudável para a terceira idade, é importante cuidar dos 3 pilares da saúde.

Bem-estar físico

O bem-estar físico é baseado na tríade do atividade física, alimentação e sono. O estilo de vida sedentário traz inúmeras consequências negativas tanto imediatas quanto para o futuro: aumenta o risco de doenças cardiovasculares, de hipertensão arterial, diabetes, alguns tipos de câncer e osteoporose.
Portanto, para construir o bem-estar físico na terceira idade, é necessário começar desde já! Procure algo que mais lhe agrada nos exercícios para o envelhecimento saudável: musculação, corrida, treino funcional, esportes como tênis e futebol, natação, crossfit, entre outros.
A oferta de atividades é cada vez maior, escolha aquela mais prazerosa para você, pois dessa forma terá motivação para realizar com regularidade na maioria dos dias da semana.

Os exercícios físicos fortalecem o cérebro

Entre os diversos benefícios que os exercícios físicos apresentam, a prevenção a doenças neurodegenerativas como Alzheimer é um deles. Sabe de que forma a prevenção ocorre?
Existe uma característica neurológica chamada de neuroplasticidade, que é basicamente a capacidade de adaptação do sistema nervoso aos estímulos recebidos e o fortalecimento das sinapses. Ao realizar exercícios complexos que demandam maior atenção e esforço cognitivo, como fazer exercícios e responder a uma pergunta ao mesmo tempo ou exercícios com tempo indefinido que mudam de acordo com um estímulo externo (luz, por exemplo), há incentivo para o surgimento de novos neurônios e o fortalecimento dos processos neurais já existentes.
E os benefícios não se limitam aos exercícios complexos: a prática regular de exercícios físicos durante a vida também fornecem vantagens à cognição!

E o que a neuroplasticidade tem a ver com o envelhecimento saudável?

Sabemos que o avanço da idade é um dos fatores associados ao surgimento de doenças como o Alzheimer. Nesse contexto, o exercício físico funciona também como uma forma de exercício para o cérebro, estimulando sinapses e diminuindo as chances de doenças degenerativas o prejudicarem.
Não só o Alzheimer é prevenido como também outras ocorrências são atenuadas: há menor risco depressão e transtornos de humor, assim como maior capacidade de aprendizagem e memória. No geral, o declínio cognitivo esperado pela idade é adiado.
Essa condição vincula a saúde física à saúde mental e social do idoso, que falaremos a respeito nos próximos parágrafos.
Os benefícios do exercício físico acontecem principalmente enquanto se está regularmente ativo, quando ocorre uma pausa a maior parte dos benefícios também se perdem, então desfrute e não pare de se movimentar!
Não esqueça de seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde: no mínimo 150 minutos de atividade física moderada, ou 75 minutos de atividade física intensa por semana.
Se tem dúvidas sobre intensidades das atividades físicas, veja o infográfico abaixo:

maissaude-infografico-atividadefisica-1106959

Fonte: http://saudebrasil.saude.gov.br


A alimentação também deve ser bem pensada desde cedo. Equilibrar o prato, dar preferência a alimentos naturais como frutas, verduras e legumes, diminuir a ingestão de sódio, gorduras saturadas e alimentos industrializados são os princípios para uma boa alimentação, além de entender os sinais de fome e saciedade.
alimentacao-para-envelhecimento-saudavel-9173991
Na terceira idade ocorrem mudanças naturais na composição corporal, como a perda de massa muscular e aumento da massa gorda e gordura visceral. Além disso, a taxa metabólica sofre alterações. Todas essas modificações podem ser atenuadas se uma dieta equilibrada for adotada desde a juventude, assim como a prática de exercícios físicos. Dessa forma, o corpo passa a estar preparado para o momento das mudanças.

Leia também:

Para fechar a tríade, precisamos falar sobre o sono. O sono na rotina agitada atual não é mais visto como prioridade, mas quer saber quais são as vantagens promovidas por uma boa noite de sono? Confira:

  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Melhor disposição e produtividade no dia seguinte;
  • Prevenção de doenças crônicas;
  • Regulação do metabolismo;
  • Melhora na produção de hormônios, o que estabiliza o humor;
  • Melhora no desempenho cognitivo.

Dormir já é bom demais, dormir sabendo que o resultado será mais saúde é excelente. Mas você sabe qual é a duração ideal do sono? De 6 a 9 horas.

Qual é a relação entre o sono e o envelhecimento saudável?

Os mesmos benefícios obtidos pelo sono durante a fase adulta permanecem sendo obtidos pelos idosos. Além disso, diversas melhoras promovidas por boas noites de sono durante outras fases promovem qualidade de vida na terceira idade, como a prevenção de doenças crônicas e a melhora no desempenho cognitivo, por exemplo.

Como ter uma boa noite de sono?

A insônia é uma dificuldade enfrentada atualmente, então confira essas dicas para dormir melhor:

  • Limite o uso de aparelhos eletrônicos (celular, notebook, televisão) perto da hora de dormir;
  • Evite o consumo de estimulantes como café, energéticos e refrigerantes perto da hora de dormir;
  • Procure praticar exercícios físicos pelo menos até 3 horas antes de dormir. Se possível, preferir horários ainda mais cedo;
  • Durma e acorde mais ou menos no mesmo horário todos os dias, inclusive aos finais de semana;
  • Evite comer e deitar para dormir logo em seguida, espere um intervalo de pelo menos uma hora.

bem-estar-mental-e-social-1591407

Bem-estar mental e social

É importante pensar nesses dois aspectos, considerando que idosos em geral possuem maior tempo livre, mas nem sempre aproveitam de maneira saudável.
Portanto, se envolver em atividades que estimulem a capacidade cognitiva como leitura, música e qualquer tipo de arte pode ser benéfico para a saúde mental, assim como realizar exercícios físicos complexos com regularidade, conforme falamos anteriormente, e também se envolver em grupos e manter uma rotina de convívio social, além dos filhos e netos.
O ponto principal é lembrar aos jovens que passam muito tempo trabalhando e negligenciam a vida social que esse hábito e espaço na rotina é mais difícil de criar e inserir depois de certa idade. Se o envolvimento com espaços sociais e com seus próprios hobbies e interesses for uma prática desde jovem, é mais fácil sustentá-las ao longo dos anos.
Busque um hobbie que lhe seja prazeroso para fazer parte da sua rotina de forma tranquila, não como uma tarefa ou um compromisso pesado. Cultive bons amigos e faça parte de grupos, você verá que melhorará sua saúde tanto hoje quanto no futuro.

Conheça o estilo de vida de pessoas que mantém o envelhecimento saudável

Existem diversos casos conhecidos de pessoas que seguem saudáveis mesmo em idades mais avançadas. É o caso do Abílio Diniz, empresário de 83 anos que se preocupa com a saúde desde os 29, quando começou a praticar exercícios, se atentou à alimentação e ao sono. Ele alega que “envelhecer é uma certeza, envelhecer com qualidade é uma escolha”.
Hoje em dia, Abílio pratica exercícios físicos diferentes: squash duas vezes por semana, boxe uma vez, corre na esteira, faz bicicleta, nada e faz fortalecimento muscular.

72785462_147709846605927_6247739719079230311_n-1024x683-3312743

Fonte: Instagram


Outro exemplo é a procuradora aposentada Adriana Miranda, de 62 anos, que também aconselha que o cuidado com a saúde deve existir desde sempre e pratica exercícios físicos todas as manhãs de segunda a sexta.
91022543_241540610580732_8929911896131597909_n-822x1024-1832261

Fonte: Instagram


Existe ainda o exemplo da atriz Bruna Lombardi, de 67 anos, que também segue uma rotina de alimentação adequada, se permitindo incluir ocasionalmente alimentos muitas vezes erroneamente encarados como vilões: pizzas, chocolates e frituras. A atriz sempre que consegue inclui a prática de algum de exercício físico na rotina. Também incentiva que, independente da idade, nunca é tarde para começar a cuidar do corpo e da saúde.
84833027_117217776530803_7294091325458136241_n-819x1024-9917727

Fonte: Instagram


A terceira idade é o momento em que o organismo cobra por toda a atenção que faltou durante a juventude. A maior parte dos idosos têm doenças crônicas como diabetes e hipertensão e é possível evitar esse quadro se inspirando nos exemplos mostrados e praticando bons hábitos desde agora.
O envelhecimento saudável e qualidade de vida na terceira idade é alcançada através de constante cuidado e atenção à própria saúde, e um ponto interessante a pensar aqui é que os cuidados necessários para garantir um envelhecimento saudável também garantem uma vida saudável até lá. A partir da construção de bons hábitos, não só o último ciclo da vida é bom como toda a jornada se torna mais prazerosa.
Gostou do assunto? Então comenta aqui embaixo o que você faz para garantir sua qualidade de vida na terceira idade! Se você conhece algum idoso que manteve bons hábitos alimentares, além de uma rotina de exercícios e hoje em dia esbanja saúde, conta pra gente nos comentários também! E não esqueça de compartilhar o texto com quem você acha que gostaria de envelhecer de forma tranquila e saudável.

ADICIONAR COMENTÁRIO