personal-trainer-with-woman-in-fitness-center-5

Blog

“Marina, 32 anos, arquiteta. Ela sempre teve dificuldade em controlar seus impulsos e seguir um planejamento, e isso acabou frustrando seus planos de perder peso por inúmeras vezes. Marina já pensou até em desistir, pois quando lembra de sua dificuldade em controlar impulsos sua ansiedade ataca, isso acaba tirando suas esperanças.” Você se identificou com a história de Marina, não é mesmo? É muito comum ter dificuldade em seguir planejamentos e controlar os impulsos, até porque não somos perfeitos e trabalhamos constantemente para exercer esses controles. Uma vantagem da tecnologia que faz com que ela se torne nossa aliada é a existência de aplicativos destinados a auxiliar na dieta e no bem estar – e eles são muito bons! Com esses apps é possível se disciplinar e até brincar com a alimentação ao longo da dieta.

Sabemos que nossos objetivos nunca serão alcançados se não nos esforçarmos para tal. A dedicação, esforço, força de vontade e autodisciplina são características difíceis de se alcançar, o que torna a desistência o caminho mais simples. Desistir de objetivos é comum, com certeza aconteceu com você diversas vezes. Isso acontece pela dificuldade mencionada antes: nós não nascemos com essas qualidades, temos que nos empenhar em desenvolvê-las ao longo da vida, e nem todos estão dispostos. Infelizmente a maioria das pessoas não desenvolve essas qualidades fundamentais para ser bem-sucedido em seus projetos, por achar muito difícil ou não estar motivado o suficiente. O problema é que grande parte dessas pessoas não sabe nem por onde começar. Como o nosso blog é focado em saúde, hoje eu trouxe uma lista com 7 exercícios que vão melhorar sua autodisciplina e força de vontade. Continue lendo o texto e descubra como faze-lo — já vou avisando, esses exercícios são tão simples que seu queixo pode ficar caído!

O caminho é conhecido, não é mesmo? Você se matricula na academia, faz um plano anual, começa super motivado. No terceiro mês, o ânimo já não é mais o mesmo, a disposição já muda, as prioridades são outras. Você pensa que a academia não é o ideal para você, e passa a ter outras ideias, como correr na rua. Mas rapidamente se ocupa, acaba sem tempo, mentaliza que “amanhã eu tento de novo”, e aos poucos vai desistindo. Situações como essa acontecem o tempo todo, com qualquer pessoa, em qualquer situação e em meio a rotinas diferentes. Nesse post, vamos ajudar você a não se sabotar e daremos dicas para que se manter na rotina de exercícios seja mais fácil do que você pensa.

O desejo de emagrecer está presente na maior parte da população, principalmente entre as mulheres. 61% delas deseja perder peso, como indica um estudo de 2012. Outro estudo de 2011 mostra que 40% das mulheres vive constantemente fazendo dietas, ao que 95% das que fazem dietas restritivas, eventualmente recuperam o peso – ou ainda ganham mais do que o peso inicial antes da dieta. Esses dados não parecem condizentes com o que vemos na internet, não é mesmo? Então por que isso acontece?

“Emília, 35 anos, servidora pública. Ela vem sofrendo com as dores nas costas há certo tempo e tem notado que nem sempre são os mesmos lugares que estão doloridos (às vezes o desconforto ocorre na região lombar; em outros dias é sua coluna cervical que começa a doer). Além de ser bem desconfortável, essa oscilação nas regiões afetadas pela dor ainda deixa Emília um pouco confusa, pois quando ela finalmente consegue se livrar da dor em um local, ela aparece em outro.”

Open chat